segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Assaduras III, Na verdade Dermatite atópica.

O pescoço do Caio já estava melhorando de novo, quando do nada tudo começou a volta, super vermelho, a pele dele estava seca ,como se estivesse esticada. Nossa fiquei muito preocupada, hoje o levei na pediatra e por fim acho que descobrimos que é Dermatite atópica. Só ainda não temos certeza de que é a alergia mas ela pediu para eu começar retirando o leite de vaca de sua dieta.

Fiquei arrasada tudo é derivado de leite, como fazer. Ela quer que eu tire o peito do Caio,mas não quero fazer isso de uma vez, por isso resolvi tirar o leite de vaca da minha dieta , sei que vai ser um grande sacrifício ,mas por ele eu faço tudo, só quero ver o pescocinho dele limpinho de novo.
Comprei um leite de soja para o Caio, mas acho que vai ser muito difícil dele aceitar, estava a alguns meses tentando inserir o nan2 , mas ele chegava a fazer ânsia quando eu o dava,mesmo dormindo. Mas vou tentar vamos ver no que vai dar.


Conhecendo melhor a Doença:

O que é?
A dermatite atópica (DA) é uma doença de origem alérgica bastante freqüente, que se acompanha de inflamação na pele, o que provoca coceira e lesões. Costuma ter períodos de melhora seguidos de períodos de piora chamados de exacerbações ou crises, que prejudicam a qualidade de vida. A doença costuma acompanhar o paciente por muitos anos. Os sintomas e sua gravidade variam de uma pessoa para outra. Por se tratar de doença hereditária é comum um dos pais ou ambos sofrerem de alguma doença alérgica como asma, rinite alérgica ou mesmo dermatite atópica. A palavra “ATOPIA” foi criada por autores americanos em 1923, sendo usada até hoje para definir pessoas que têm constituição hereditária, são portadores de asma, rinite e naturalmente eczema, apresentando também testes alérgicos positivos.
Em síntese, os atópicos têm mais alergia e por mais tempo.

Como é a pele atópica:
A pele da criança portadora de dermatite atópica já nasce geneticamente alterada: é seca, irritável, coça muito, tornando-se com o tempo, cada vez mais áspera avermelhada e ferida devido à intensa coceira, configurando o eczema.

Localização das lesões na pele:
Bebês: a dermatite afeta a face, pescoço e às vezes o tronco.
Crianças maiores, adolescentes e adultos: localiza-se mais nas dobras de cotovelo, joelhos e ainda, pés e mãos.

Fatores que podem agravar as lesões da pele:
É de suma importância identificar e afastar os fatores que agravam a lesão da pele como:
-atrito,
-suor,
-transpiração,
-poeira domiciliar,
-roupas de lã e tecido sintético,
-sabão,
-variações de temperatura (calor, frio)
-cosméticos,
-detergentes,
-infecções cutâneas,
-alguns alimentos,
-estresse emocional.
Tratamento
O tratamento adequado controla a inflamação da pele e deve incluir basicamente o uso diário de hidratantes, aplicação de corticóides tópicos e medicações anti-alérgicas (antihistamínicos). Outros tratamentos podem ser tentados em caso de fracasso terapêutico como: imuno-moduladores, antibióticos, ciclosporina, metotrexate e fototerapia.É preciso fazer dieta especial?Não há necessidade de evitar alimentos em qualquer pessoa portadora de DA. A dieta se justifica nos casos onde se verifica e se comprova o papel daquele alimento como provocador da piora da pele.
Cuidados com a pele:
- O excesso de banhos deve ser evitado, dando-se preferência a banhos rápidos, com pouco sabão, uma vez ao dia.
- Lubrificação diária e constante da pele: aplicar hidratante todos os dias, logo após o banho, em até 3 minutos após secagem suave do corpo.
- Usar sabonetes oleosos, emolientes e suaves.
- Nunca usar buchas ou esponjas
- Preferir roupas leves, folgadas e confeccionadas com tecidos macios. Evitar tecidos sintéticos aderentes ao corpo, como lycra ou helanca.
- Evitar agasalhos de lã ou outros tecidos irritantes.
- Ao expor a pele ao sol, preferir as primeiras horas da manhã ou ao entardecer, sem excessos, usando sempre protetor solar apropriado.
- Uma medida caseira que “acalma” a pele e a coceira é a realização de banhos feitos com maisena ou com aveia em pó.

É importante saber reconhecer os sinais que podem indicar infecção de pele e comunicar o médico caso surjam, como por exemplo: aumento brusco da vermelhidão, surgimento de pequenas bolhas com pus no interior ou ainda o aparecimento de vesículas contendo líquido em seu interior.
Os casos mais graves de DA costumam se acompanhar de estresse emocional não só do paciente como de sua família e cuidadores. Recomenda-se que seja dedicada atenção especial aos fatores emocionais em cada pessoa a fim de que se possa indicar medidas para combate ao estresse familiar em conseqüência da doença.


Converse com o médico.
Exponha seus temores e preocupações. O diálogo entre o médico, o paciente e sua família são a base para uma abordagem personalizada e para o sucesso do tratamento.

8 comentários:

Big Family disse...

Ohhhh meu Deus!!! Que dó :s... Também tenho dermatite atópica. Como todos os meus irmãos adoeciam do intestino, meu pai achava que o que causava isso era o leite materno, dai quando nasci ele pediu pra minha mãe não amamentar. Fui a pior de todos os outros irmãos. Além do problema do intestino (q tive tb) tive asma, bronquite, pneumonia, rinite.. tudo o que vc possa imaginar e mais um pouco. Mais só veio o diagnostico que tinha alergia a leite depois que tava maior. Quando bebe tomava leite de cabra... depois que viemos morar aqui em salvador que ia sempre em médicos por causa das alergias e de tantos testes que já fiz, deu alergia a varias coisas inclusive ao leite. ..e quem tem dermatite atópica tem alergia a leite e todos os seus derivados. Vc deve esta ai assustada e perdida ao mesmo tempo... e o que é que ele vai comer? É complicado...mais não tem jeito... sempre come o q não pode. Sim... voltando a dermatite atópica, de uns messes pra cá estava sendo acompanhada por uma dermatologista e usando umas formulas (tenho alergia a inseto, quando ele pica coça e acaba ferindo, e depois o lugar fica branco, demora de voltar a cor da pele – as pernas que é o alvo dos inseto). E do nada, atrás do meu joelho começou a ficar todo vermelho e coçava que não era brincadeira. Fiquei de ligar pra médica e os dias foram passando.. quando não agüentei mais fui de urgência, a coisa tava ficando feia. Cheguei lá achando q era alergia a formula que ela tinha passado, eis que ela me fala que é dermatite atópica. Passou um creme, um sabão e um remédio pra tomar. Agora esta bem melhor... a coisa tava tão feia que tomou as duas perna :s Um horror. E quando é bebê toma o corpo todo...afffffffffff... deve incomodar tanto...deve ser horrível para um bebê. E o pior, não tem cura : s Ah..Desculpa ter invadido o seu blog assim...tava visitando uns e outros e acabei encontrando o seu... resolvi deixar um recadinho contando a minha experiência. Desculpas pelo tamanho do comentário. Ficarei feliz com a sua visita também! Bijinhos! Jamile

Dany morais disse...

hoooo...
meu Deus que dozinha...
amiga c voce confia realmente na padiatra dele, faça o que elaa mandou viu!
complicado retirar o leite, ou qualquer derivado do leite.
mais confie em Deus ele vai mehlorar!
bjoo grande e nao se desepere viu?

Adriana disse...

O leite de soja é realmente ruim, alguns bebês não aceitam. Mas vc pode saborizar com alguma frutinha que ele goste bastante, tipo mamão ou banana. Pergunta para o pediatra!!
beijinhos e melhoras

Dany disse...

Que peninha....
Espero que ele melhore logo, logo!
Bj

Big Family disse...

Oi Gabi...fiquei feliz com a sua visita! Sim... se eu tomo leite ou como seus derivados? Não DEVE mais como sim..rs.. Leite não.. não gosto, não desce...kkkkkk.. mais iogurte, queijo, chocolate...etc..tudo.. normal! Não tenho mais nada (antes ficava com falta de ar)..Graças a Deus aos poucos me vejo livre. Agora depois q descobri da dermatite atópica q dei uma suspendida nos derivados..mais quem disse q levo ao pé da letra? Ja comi panetone de chocolate, sorvete hj..não dá...rsrs.. Tenho certeza que em breve o Lindo Caio estará 100% novamente..Não fica assustada, logo passa! Bjinhoss!!!! Ps.: Posso add vcs lá no blog?

Priscila Sant'Anna disse...

É sempre um prazer vir aqui visitar o Caio, esse menino lindão!
Esperamos que logo ele se recupere dessa dermatite e que as assaduras sumam totalmente!
Muito interessante o posto explicando sobre dermatite atópica, muito bom saber detalhadamente do que se trata.
Bjs para vcs e melhoras para o Caio!
Priscila

Juliana disse...

Oiii
Obrigada pel visita e pela msg!!!
E esse príncipe heim??? Lindo demais!mUITO!!!!
Olhar 43....kkk
Achei hilárias as fotos com a boneca...kkkkkkkkk

Beijosssssss

narinha disse...

Oi desculpa invadir sei blog, estava pesquisando e vir o seu, tambem tenho dermatite atopica tenho 18 anos e tenho desde quando nascir. Eu sei o quanto é ruim! sabe, coça tanto que dar vontade de passar na parede, nao tenho dinheiro o suficiente para fazer tratamento, queria ter? Todos me tratam com preconceito nao sei o que fazer? e o pior ´e que tá feio mesmo, ferido.........
Mas passei aki para te disser que NUNCA DESISTA seu filho vai ficar bom logo! pode demorar mais vai! Fiquem com Deus! Tenho fé de ficar boa tambem, nao sei o pq tenho .........
bj!